Como fazer uma boa campanha de matrículas online?

As instituições de ensino vivem duas realidades hoje: a primeira delas é que estamos em uma era digital sem volta e a segunda é que as ações de retenção e captação de alunos precisam ser feitas agora, independente da previsão de retorno das aulas presenciais.

Então, qual a saída nos tempos atuais para trabalhar as campanhas de matrículas para 2021? Usar todas as ferramentas online possíveis, afinal de contas, a presença digital deixou de ser uma opção, tornando-se a principal porta de entrada família versus escola.

Mas estar presente não significa apenas ter uma conta em todas as redes sociais e ponto. Há de se fazer uma estratégia digital bem elaborada.

O primeiro passo é definir o mote de sua campanha, o que você quer comunicar e, claro, saber quem é esse público.

Nesse contexto, importante mostrar por que sua instituição deve ser escolhida dentre tantas outras, despertando interesse, mostrando as principais vantagens e os valores atribuídos à sua instituição.

Feito isso, hora de alinhar essa comunicação nas suas redes, em seu site e fazer um bom trabalho de conteúdo.

Vamos iniciar pelo seu site

Nossa primeira pergunta é: ele está adaptado para ser acessado em todos os dispositivos, principalmente o celular, que é o aparelho mais utilizado para navegação hoje em dia? Se ainda não, essa providência deve ser tomada com urgência.

Segunda questão: como você vai mostrar  seu colégio em sua página da web? Com fotos, vídeo, tour 360º? De alguma forma, sua instituição precisa ser vista – lembre-se, na atual circunstância, o primeiro contato se fará de modo virtual e, como diz o velho ditado popular, a primeira impressão é a que fica. Nesse caso, use somente imagens boas e em alta resolução. Em relação ao vídeo fica uma sugestão: quer fazer algo mais aproximado de uma visita presencial? Faça uma filmagem narrando toda a infraestrutura o colégio. Caso não tenha recursos para arcar com uma produtora especializada (que seria o mais indicado, justamente pela qualidade do trabalho), faça você mesmo como se estivesse mostrando as dependências pessoalmente a um pai/ mãe que acabou de entrar no colégio com você –só cuidado para não se estender muito.

Terceira questão: você usa um espaço para blog com conteúdo sobre o colégio e assuntos pertinentes ao universo educacional? Manter seu público informado com as principais ações da instituição é fundamental para criar conexão e engajamento.

O próximo passo é realizar um bom trabalho de SEO com palavras-chave que te levem a um maior alcance nas primeiras páginas de sites de busca, por exemplo o Google.

Sabe aquele material impresso (portfólio) do colégio que você deixa prontinho para entregar à família quando ela vai visitar sua unidade? Pois bem, esse também pode – e deve –  ser inserido em seu site, adaptado para a versão digital.

Crie um campo para contato exclusivo para a campanha de matrícula com preenchimento de formulário – e seja eficiente e ágil no retorno.

Também é possível criar um chat em seu site, lembrando que esse atendimento precisa de um feedback imediato.

Sobre as suas redes sociais

Se você já possui contas nas principais redes sociais (esperamos que sim), mescle as ações do colégio com outras informações relevantes aos pais. Apresente também sua proposta pedagógica, mostre o que a escola tem feito nesse período de pandemia, se tem participado de ações que vão além das praticadas no contexto educacional, como por exemplo trabalhos de responsabilidade social ligados à comunidade local etc.

Faça anúncios pagos (patrocinados) de campanha de matrícula no Instagram e Facebook com chamadas para ações, que pode ser preenchimento de formulário para retorno do colégio, contato direto pelo WhatsApp ou outros meios de comunicação.

Em seu Instagram é possível destacar vários links de acesso à sua instituição na página inicial, assim você consegue ampliar melhor seus canais de comunicação.

Invista também em anúncios pagos no Google como estratégia de MKT para captação de alunos.

Vale destacar que todo esse trabalho digital somente terá êxito se for monitorado pela sua equipe de atendimento que deve estar atenta a qualquer engajamento do seu público em todas as redes, seja nos comentários, em mensagens privadas, conversas pelo WhatsApp. Para evitar conflitos, mantenha um alinhamento de horário de retorno online para que esse seja o mesmo mantido no presencial, a fim de não gerar uma experiência ruim ao usuário.

E para finalizar a conversa aqui, sem alongar mais, uma última dica: para que todos esses contatos revertam em atendimento e possíveis novas matrículas, é fundamental que a sua escola invista em alguma forma de CRM (Customer Relationship Management), mas isso é assunto para um outro papo.

  • MKT
  • 28 de setembro de 2020

    Deixe um comentário

    Open chat