O que é experiência ao cliente e como melhorar

As maiores marcas do mercado já não vendem mais produtos. Seus clientes compram experiências. Vou te dar um exemplo: você já se perguntou por que a Apple possui tantos consumidores apaixonados pela marca e que não a trocam por nada? Porque eles não vendem celulares, e sim inovação, futuro…

Oferecer experiência nada mais é que oferecer tudo que aquele produto/serviço vai proporcionar na vida do cliente, ou seja, que vai além de funcionalidades. A experiência é única e exclusiva para seu consumidor e o faz colocar seu produto ou serviço como algo especial na sua mente.

Para exemplificar novamente, uma pessoa não compra a câmera do celular e sim a experiência de tirar uma foto em um momento de diversão.

Aí entram as melhores estratégias que te fazem parar de disputar preço, dando lugar ao valor da marca, pois o consumidor atual valoriza muito mais as experiências de adquirir algo que de farto fica na mente do cliente e que não é palpável e sim intangível.

Quer mais um exemplo? Você precisa de uma furadeira ou de um furo na parede?

As pessoas querem saber a diferença que o seu produto vai fazer na vida delas, em outras palavras, se você vai oferecer o resultado, que é o que realmente elas querem.

Em outras palavras, não adianta focar somente no produto em si, na aparência, embalagem e nos acessórios de uma furadeira, por exemplo, se ela não faz o furo que o seu cliente precisa. Isso não quer dizer que você não deva se atentar a toda comunicação que leva o consumidor optar pela sua marca.

Importante nesse, e em todos os outros casos, entender qual a real necessidade do seu cliente para você atendê-lo e satisfazê-lo da melhor forma, oferecendo uma experiência única e marcante.

As empresas devem se preocupar com os benefícios concedidos pelo produto/serviço a ser vendido e com o valor proposto por quem compra, para, assim, mostrar como é rápido e prático fazer “furos” certeiros. Sacou?

Então, fica aqui a pergunta:

Como melhorar a experiência que você oferece aos seus clientes?

> Conheça bem o seu público

Pesquise sobre o seu público-alvo, sua jornada de decisão, suas dores, valores, quais as mídias que eles consomem e seus hábitos. Com esses dados em mãos, é possível desenvolver estratégicas certeiras para melhorar a interação com a sua marca.

> Ouça atentamente o seu cliente; crie uma conexão emocional

Estudos de neuromarketing provam que a experiência do cliente está diretamente ligada aos sentidos e emoções.  Relacionamento emocional entre marcas e públicos aumentam as chances de o cliente retornar. Por isso, tenha preferência em desenvolver ações que trabalhem com esses fatores.

Além de saber quem são os seus clientes, é importante saber o que eles desejam. Esteja aberto para ouvi-los antes, durante e depois da experiência com seu produto ou serviço.

Busque saber informações relevantes, como o que fez a pessoa procurar a sua empresa e qual problema ela gostaria de resolver. E claro, faça sempre com que o cliente sinta segurança e confiança em sua marca.

Utilize esse feedback para melhorar cada vez mais os produtos e serviços da sua empresa, levando em consideração que a experiência do cliente é o foco principal.

Trabalhe a tecnologia em seus negócios

O meio digital também pode ser fundamental para uma experiência especial para os seus consumidores. Hoje, usamos a conexão na internet para quase todas nossas atividades diárias. Portanto, atingir seu público online pode ser mais efetivo e mais impactante, sem contar na acessibilidade e facilidade de comunicação digital.

As redes sociais irão aproximar a sua marca do seu público e por meio delas, é possível manter essa interação na vida do cliente até mesmo após a venda.

Aqui entra outro detalhe importante: mantenha sempre a boa comunicação com seus seguidores. Incentive-o a interagir com a sua marca e nunca o deixe sem respostas, com dúvidas ou, principalmente, insatisfeito. Caso ocorra algum contratempo, tente entender o que houve e, claro, encontre a melhor solução.

Ah, não falamos de espaço físico, mas o mesmo vale para essa situação. Sabe quando você entra numa loja e não tem vontade de sair de tão bacana que ela é, tudo organizadinho, atendimento impecável, um cheirinho bom (principalmente se o que a marca oferece é alimento ou perfumes), uma música adequada ao seu público, tudo isso conta como uma boa experiência. É isso.

Quer melhorar a sua experiência com seus clientes e não tem tempo para desenvolver as melhores estratégias? Fale agora mesmo com a pontoZap.

(Imagem: Freepik)

  • MKT
  • 22 de outubro de 2021

    Deixe um comentário

    Open chat