O que fazer para estar nas primeiras páginas do Google?

Você tem um site completinho, com informações e conteúdos relevantes, adaptado para dispositivos móveis, bonito mas ele é pouco visitado, Daí entra a maior dúvida do empreendedor: como posso atrair clientes para a minha página?

Vamos lá. Muitas vezes, aliás, na maioria delas, um potencial cliente encontra o seu produto ou serviço ao pesquisar na internet, mais especificamente no buscador Google, justamente sobre algo você ofereça, sem diretamente citar a sua marca ou o seu site. Ok, mas como isso acontece, ou seja, como fazer o Google entregar meu site “de mão beijada” para quem procura pelo meu serviço?

Pois bem, em um cenário onde o meio digital cresce cada vez mais, há uma grande concorrência para estar bem ranqueado nas primeiras páginas do Google. Para isso existem técnicas específicas e, claro, é necessário investimento, tanto de verba como de profissional para executar essa tarefa.

Vale destacar que quem faz uma pesquisa no Google raramente passa da segunda página. A pessoa tenta encontrar o que precisa logo nos primeiros links, estejam eles no campo de anúncios pagos ou orgânicos. Ou seja, o objetivo do usuário sempre será solucionar seus problemas da forma mais rápida possível, por isso ele irá focar nos primeiros resultados que aparecerem e que despertam um interesse para clicar – e para que você esteja entre essas opções de busca, há estratégias de marketing específicas de modo que o seu cliente ideal te encontre mais facilmente ao fazer uma busca.

Certo, mas como funcionam essas as buscas?

Existem duas formas de fazer com que a pessoa te encontre no buscador Google. Uma delas ocorre de modo natural/ espontâneo, que é por meio do tráfego orgânico, já a outra demanda investimento pago.

Ambas as estratégias são imprescindíveis para aumentar o número de visitas em seu site. Tanto o tráfego pago quanto o orgânico necessitam de um bom trabalho de marketing e esse se faz por meio do SEM (Search Engine Marketing) que, traduzido ao português, significa marketing para mecanismos de busca e é sobre isso que estamos falando aqui.

Vamos começar esse entendimento com o tráfego orgânico, que funciona da seguinte forma: alguém faz uma busca no Google com uma determinada palavra-chave ou frase daquilo que ela procura e o site buscador destaca os sites correlatos ao assunto procurado. Parece bem simples, não é mesmo? A busca é, de fato, algo que não tem nenhuma complexidade, porém, para que o link do seu site esteja entre esses mais procurados, é necessário que se estabeleça uma boa estratégia de marketing, daí entra o SEO (Search Engine Optimization), cujo significado é a otimização para mecanismos de busca.

Ou seja, SEO é um conjunto de técnicas que têm como objetivo otimizar sites, trabalhando o conteúdo com palavras-chave para que ele alcance bons rankings e fique melhor posicionado nos resultados orgânicos. Isso se faz com ferramentas de marketing e expertise profissional, já que para que o Google identifique o site como bom, que tenha relevância e autoridade, tornando-se merecedor de estar entre as primeiras páginas, há uma série de requisitos, desde a elaboração de um texto bem escrito, de um site ágil e adaptado para os dispositivos móveis (responsivo), boa escolha de palavras estratégicas, parcerias por meio do trabalho de backlinks – links em outros sites que levem até o seu (Link Building), entre outros fatores.

Essa otimização, bem executada, gera muito mais exposição no Google e atrai um público certeiro, que já esse sabe perfeitamente o que quer encontrar na internet. Nesse caso, você não vai ter o trabalho de atrair o cliente (que é uma outra técnica de marketing) e sim atender suas necessidades.

A outra maneira de ser encontrado na internet e que, inclusive, torna-se a mais recomendada quando existe uma necessidade imediata de levar uma pessoa para o seu site, principalmente quando a proposta é fazer uma venda direta, é o tráfego pago.

Tráfego pago são os links patrocinados e que aparecem acima dos orgânicos, ou seja, são os primeiros a serem visualizados em uma busca no Google. Essa estratégia torna-se muito eficaz quando bem elaborada. Também demanda de ferramentas de marketing e um bom conhecimento das técnicas de Google Ads.

 Ok, mas qual estratégia melhor para o meu site?

Não existe uma regra ou uma definição de qual seria a melhor estratégia de utilização para um melhor ranqueamento do seu site no Google, o ideal é que ambas caminhem juntas. Pode-se dizer que uma complementa a outra, justamente porque ambas têm o mesmo objetivo, que é ganhar destaque nas primeiras páginas do Google e fazer com que as pessoas que estejam realmente interessadas em seu produto ou serviço te encontrem com mais facilidade no site buscador.

A diferença é que o trabalho feito por meio do tráfego pago pode gerar um resultado imediato, enquanto que o orgânico é feito a médio e longo prazo. No entanto, para a estratégia paga (Google Ads), é necessário um investimento maior, já que para estar bem ranqueado, além de saber utilizar bem as técnicas de utilização, há necessidade de recurso financeiro (dinheiro/ anúncio pago do seu link).

O que se deve entender é que, independente de qual estratégia for utilizada, e como já dito, o ideal é trabalhar em conjunto esses dois recursos e que, para alcançar o resultado esperado, importante que esse trabalho seja feito com profissional que saiba lidar com todas as ferramentas, sejam elas para o SEO ou Google Ads, afinal, de nada adianta investir uma grana em um anúncio pago se esse não for executado da maneira assertiva, o mesmo vale para o campo orgânico já que deixar de gastar em dinheiro não significa economia – se a pessoa não souber como trabalhar essa ferramenta, tudo será em vão – e tempo também é dinheiro, não é mesmo? Sem contar o fator concorrente, já que aquele que se destaca é o que obtém o melhor resultado.

O ideal é que se contrate uma agência especializada em marketing digital que saiba como planejar, alinhar, desenvolver e executar um bom trabalho de SEO e Google Ads, já que todos querem estar bem ranqueados e sabe-se que a concorrência é grande e ganha aquele que sabe se diferenciar e usar de forma certeira todas as técnicas favoráveis para um excelente resultado e, assim, gerar mais tráfego para o seu site.

Quer saber mais sobre como se destacar no Google? Fale agora mesmo com a equipe da pontoZap, especialista em marketing digital.

(Imagem: Freepik)

    Deixe um comentário

    Open chat